Bolivia, cada dia a descoberta dos Andes...

Sucre-Potosi

o essencial - A HERANÇA COLONIAL

Patrimônio Mundial

 

SUCRE & Tarabuco
POTOSÍ & Cerro Rico
Carnaval de ORURO

Entre em contato conosco para solicitar mais informações sobre nossos serviços.
Fazemos todos os esforços para responder no mesmo dia.

Sucre & Potosi

As ricas cidades coloniais de Sucre e Potosi convidam a descobrir o melhor da vida cotidiana e da história boliviana tendo como fundo as maravilhosas paisagens naturais e humanas dessa parte dos Andes.

Uma escolha de serviços privativos e de transportes locais permite personalizar a estadia para ter uma experiência única. Na viagem de base proposta aqui convidamos o viajante a passar duas noites em Sucre e uma noite em Potosi ; essas duas cidades estão classificadas pelo patrimônio mundial da Unesco.

Sucre

Patrimônio Mundial da UNESCO, a Cidade Histórica de Sucre (fundada em 1538 com o nome de "Vila da Prata") é conhecida como a "cidade branca das Américas". Em Sucre, capital histórica da Bolívia, você descobrirá uma arquitetura urbana distinta, toda pintada de branco colonial e com seus tetos de telhas vermelhas características. Ao redor da cidade pode-se visitar uma variedade de centros de artesanato local que ressaltam as técnicas de tecelagem ancestral, por exemplo em Tarabuco – aldeia indígena que é o centro da cultura do mesmo nome – onde acontece cada domingo um mercado rural particularmente colorido..

  • Viagem de 4 dias ou mais, incluindo Sucre y Potosi

TARABUCO

Ao redor da cidade pode-se visitar uma variedade de centros de artesanato local que ressaltam as técnicas de tecelagem ancestral, por exemplo em Tarabuco – aldeia indígena que é o centro da cultura do mesmo nome – onde acontece cada domingo um mercado rural particularmente colorido.

  • Excursão de dia inteiro
  • Pernoite em uma propriedade colonial

Patrimônio da Humanidade

 


 

Potosí

Potosi foi antigamente a maior cidade das Américas e um polo econômico e financeiro de importância mundial construído inteiramente sobre as riquezas minerais do Cerro Rico – uma verdadeira montanha de dinheiro!

Depois, quando o dinheiro se esgotou, foi a vez do estanho ser explorado. E agora? Já não resta quase nada a tirar do Cerro Rico, e Potosi, a cidade imperial, sobrevive hoje em dia ainda aferrada à sua “montanha rica”, com a lembrança de seu esplêndido passado…

Patrimônio Mundial da UNESCO. Potosí está localizada a 3 967 metros de altitude, sendo uma das cidades mais altas do mundo.
Foi fundada em 1546. Em 1611, já era a maior produtora de prata do mundo e tinha à volta de 150 000 habitantes. Alcançou seu apogeu durante o século XVII, tornando-se a segunda cidade mais populosa (atrás de Paris) e a mais rica do mundo, devido à exploração de prata enviada à Espanha.

A cidade está aos pés do Cerro Rico, uma montanha com 4800 metros de altitude que fez a riqueza do Império Colonial Espanhol com seus riquíssimos depósitos de prata de, na época, extrema pureza. Se calcula que desde o início de sua exploração, foram extraídas ao redor de 40.000 toneladas de prata. No século XVI era a maior cidade da América do Sul. Apesar do baixo grau de pureza da prata extraída hoje em dia, mais de 15.000 mineiros ainda trabalham nas minas da mesma forma como se trabalhava séculos atrás. As condições de trabalho são duríssimas e entre acidentes e problemas pulmonares causados pela constante poeira, a sobrevida de um mineiro não passa de 15 anos de trabalho na mina.

Apesar de vermos esta dura realidade, uma visita às minas é fascinante. Antes de entrarmos colocaremos um casaco grosso, capacete, botas e lanterna de cabeça. Iremos, então, para o mercado para comprar presentes aos mineiros que consiste em folhas de coca, chocolates, sucos e até bananas de dinamite e pavio!!! Por ao redor de duas horas caminharemos por estreitos corredores e veremos o método manual de trabalho como há séculos e visitaremos a sala do “Tio”, como o demônio é chamado, e onde os mineiros duas vezes ao dia depositam presentes para pedir permissão para poder trabalhar na mina.

  • Viagem de 4 dias ou mais, incluindo Potosi y Sucre

CERRO RICO - A MONTANHA RICA

Imagine-se visitando uma mina, o que foi utilizada desde a época colonial espanhola. Conhecer dos mineiros hábitos, tradições e sua relação especial com a folha de coca, "la Pachamama" (Mãe Terra) e as forças ocultas na mina. Tudo isso em uma aventura fascinante que leva à direita para a mina conhecida Cerro Rico.

  • Excursão de meio dia
  • Pernoite em uma propriedade colonial

Patrimônio da Humanidade

 


 

Carnaval de Oruro

O Carnaval de Oruro é o maior evento cultural periódico entre o folclore boliviano. Foi declarada uma Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade em 2001 pela UNESCO. É uma festa de sincretismo religioso que atrai multidões para a cidade de Oruro. O carnaval transformou-se em uma das maiores expressões da cultura boliviana.

Celebrado em Oruro, a capital folclórica da Bolívia, o carnaval marca o festival Ito, dos Urus. Sua cerimônia segue os costumes andinos tradicionais, baseados na invocação de Pacha Mama e do Tio Supay, sincretizados, respectivamente, nas figuras da Virgem Maria e o Demônio.

A cerimônia Ito nativa, foi interrompida em meados do século XVII, pelos espanhóis (então comandantes das terras do Alto Peru), o que não impediu os Urus de continuar observando o seu festival, mascarado sob a forma de comemoração cristã. Eles comemoram em nome da Virgem Maria que misteriosamente apareceu em uma das minas de prata mais ricas de oruro. E é por isso que se chama carnaval de oruro.

As festividades do Carnaval têm início quarenta dias antes da Páscoa, e dele fazem parte peregrinações ao Santuário da Virgem do Socavón, ritos de agradecimento à Pachamama, concursos de bandas de música tradicional, desfile de grupos folclóricos e musicais que dançam em pontos estratégicos da cidade. O ponto alto das festividades porém, são as “Diabladas”, grupos de homens vestidos de diabos, de trajos bordados e com máscaras muito elaboradas, que dançam uma luta simbólica entre o Bem e o Mal pelas ruas de Oruro.

Sao mais de 28000 dancarinos vestidos com diversas fantasias,percorrem mais de 4 quilometros ate chegaram a uma igreja chamada Sanctuaria del Socavon,onde a festa termina.

  • Excursão de dia inteiro a partir de La Paz

Patrimônio da Humanidade

 


 

Tarabuco

Sucre

Sucre

Potosi

Potosi

Potosi

 


 

Conheça as Melhores Atrações de Sucre & Potosi

Sucre & Potosi

Experimente Sucre & Potosi


Contate-nos para mais informações:


Por favor:
 

 



Nome:

 

Sobrenome:

 

E-mail:
 

 
(verifique endereço de e-mail)
Cidade:  

País:

 

Telefone:
(opcional)

 

Estou:

 

 



Número de participantes:   pessoas

Datas de viagem:

 

Dê um nome
para a sua viagem:

 

Inquérito: interesses específicos, visitas/actividade, providências quanto a hotel...
Por favor, inclua a época do ano você pretende viajar eo número de pessoas no seu grupo.

     

      

Nós não vendemos ou compartilhamos suas 
informações de contato com outras partes.
Todas as informações são confidenciais.

Nós oferecemos uma ampla gama de serviços, com alta qualidade e atendimento personalizado. Contacte-nos, vamos ajudá-lo a personalizar o seu próprio, viagem muito especial.

Skype us now!

Nossos passeios são projetados especialmente para você.
Você decide quando ir, o que ver e de que maneira.
Todas as nossas viagens e passeios ajustar ao seu gosto e suas necessidades, incluindo datas e horas.
Contacte-nos para mais informações.

Travel Planner - planejar uma viagem. Fazemos todos os esforços para responder no mesmo dia (em Inglês).

Travel Planner
dependendo do seu gosto e suas necessidades

Algumas idéias para destinos

Clique na região

LA PAZ

UYUNI

CUZCO & MACHU PICCHU

AMAZONIA

VALES

SANTA CRUZ

SUCRE & POTOSI


BOLIVIA


Fremen Tours Bolivia, Andes & Amazonia - Destination Management Company

©1994-2017 FREMEN TOURS BOLIVIA - ANDES & AMAZONIA       mapa do site